Parlamentares do Chile discutem liberação do aborto

Em meio a protestos, o Congresso do Chile inicia as discussões sobre a liberação do aborto. Militantes se reuniram exigindo a descriminalização da interrupção da gravidez até 14 semanas.

Desde 2017, o aborto é permitido no Chile em apenas três situações: risco de vida da mãe, estupro ou impossibilidade de vida do feto.



Categorias:ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Deixe uma resposta