Funcionário dos EUA afirma que são robustas as provas de que o COVID-19 vazou do laboratório chinês

A teoria mais confiável sobre a origem da COVID-19 é que ele escapou de um laboratório chinês, segundo o Conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, Matthew Pottinger, em uma reunião com autoridades do Reino Unido.

Há um crescente corpo de evidências de que o laboratório é a fonte mais confiável do vírus” disse Pottinger, se referindo ao Wuhan Institute os Virilogy, de acordo com o Daily Mail. Pottinger ainda afirmou que a investigação da OMS na China não passou de fachada e que isto deveria ser exposto para a comunidade internacional.

Paralelamente a isso, cientistas influentes e muitos meios de comunicação trabalham arduamente na tese da “origem natural” e afirmam ter evidências esmagadoras da tese. Até hoje, pouco se sabe sobre a origem do SARS-CoV-2.

A pesar da convicção de Pottinger e das pesquisas e os relatos de cientistas da China, ainda é necessário mais estudos para determinar a origem e evolução do vírus.



Categorias:ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Deixe uma resposta