Culto ao inferno: Argentina legaliza o aborto

 Foto: Agustin Marcarian/Reuters

Com 38 votos a favor, 29 contra e uma abstenção, o Senado argentino aprova a interrupção voluntária da gravidez na Argentina. No projeto apresentado pelo presidente argentino a aprovado no país, o assassinato pode acontecer até 3 meses e 8 dias de vida da criança.

Deus tenha piedade do povo argentino.



Categorias:ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Deixe uma resposta