BOLSONARO SOBRE FECHAR STF E CONGRESSO: “Desespero dos comunistas”

Recado foi dado em recente live

Na live do dia 24 de Dezembro Presidente Bolsonaro soltou o verbo e mandou o recado: “Esse é o desespero dos comunistas e dos ditadores que querem sentar nesta cadeira. Sim, eu sei”.

Recentemente temos visto um show de arbitrariedades sendo cometidas por parte do Congresso Nacional e do STF, Bolsonaro sabe disto, está atento e comenta: “jamais vou aceitar mansamente um movimento conspiratório…jamais aceitarei um golpe para me tirar daqui”.

É verdade que o Presidente é uma pessoa muito mais cautelosa do que aquela da campanha de 2018, e me desculpem os leitores, mas ele está certo. Não podemos fazer de um mandato uma eterna eleição, ainda que nossos adversários façam justamente o contrário. Não seria mais simples Bolsonaro continuar agindo como um eterno candidato? Claro que sim, mas não. Ele decidiu governar para tornar o Brasil um lugar melhor para nós e para as futuras gerações: “não tenho vocação para ditador, meu negócio é armar o povo para que os ditadores não saiam vencedores.

Leia a fala na íntegra:

“Alguns acham que eu tenho que meter o pé na porta. Não vou fazer isso…esse é o desespero dos comunistas e dos ditadores que querem sentar nessa cadeira…sim, eu sei. As arbitrariedades estão sendo cometidas, mas eu não posso lançar o Brasil numa aventura. É isso que vocês querem? Um Presidente leviano, lançando o Brasil numa aventura? Num vale-tudo? Não vou fazer isso. Agora, todo mundo sabe que tudo tem limite, e eu tenho o meu…é o que eu posso falar para vocês. Não tenho sangue de barata, não mesmo. Sou um ser humano e jamais vou aceitar mansamente qualquer movimento conspiratório…jamais aceitarei um golpe para me tirar daqui. Jamais prenderei o povo em casa e irei para Miami. Não tenho vocação para ditador. Meu negócio é armar o povo, para que os ditadores não saiam vencedores…”



Categorias:ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Deixe uma resposta